X
Menu principal
Início
Alegrete
Prefeitura
Órgãos
Serviços
Notícias
Galerias
X
Menu de acessibilidade
Ir para conteúdo [1] Ir para menu [2] Ir para busca [3] A- [4] A+ [5] Alternar contraste [6] Mapa do site [7]
Menu de acessibilidade Ir para conteúdo [1] · Ir para menu [2] · Ir para busca [3] A- [4] · A+ [5] · Alternar contraste [6] · Mapa do site [7]
NOTÍCIAS
19/04/2022
Alegrete terá segunda base do SAMU e tempo de atendimento deve ser reduzido pela metade
O município de Alegrete terá mais uma base do Samu (Serviço Móvel de Atendimento de Urgência). O Ministério da Saúde aprovou o projeto da Secretaria de Saúde e em seis meses o serviço estará funcionando a pleno.

12 anos depois da instalação do serviço na cidade, a prefeitura amplia o atendimento e vai inaugurar a segunda base na zona oeste, que esteve na plataforma de governo da gestão 2021-2024.

“Ter uma segunda base do Samu em Alegrete era um pleito antigo da população que felizmente estamos conseguindo atender. Com a segunda base, vamos reduzir em 50% o tempo de resposta em atendimento de ocorrências na zona do município”, destaca o prefeito Márcio Amaral.

O vice-prefeito Jesse Trindade ressalta que “o serviço nasceu de uma necessidade de qualificação no atendimento de urgência e emergência ofertado à comunidade. O modelo de atendimento do Samu foi copiado da França e atualmente é reconhecido como um serviço de grande resolutividade”, afirma o vice-prefeito.

Hoje, para atender uma pessoa que está nas regiões oeste, sul ou norte da cidade, o Samu, que tem base no lado oposto da cidade, demora de 10 a 15 minutos. Com a instalação da nova base, essa espera cairá ao menos pela metade. A primeira base do Samu fica na zona leste, no Centro Social Urbano.

O prédio que vai abrigar o Samu será construído na em área na zona oeste, na Praça Breno da Silveira,596, bairro Joaquim Fonseca Milano, próximo ao CIEP e cumprirá as exigências sanitárias preconizadas pelo Ministério da Saúde. A prefeitura investirá mais de R$ 300 mil no projeto. “A segunda base é uma importante conquista para o setor de saúde e para a comunidade, e está dentro da nossa proposta de ampliar o acesso aos serviços de saúde”, comenta a secretária municipal de Saúde, Haracelli Fontoura.

O projeto da segunda base do Samu tramitou nos últimos 12 meses no Ministério da Saúde. “Era um pedido do prefeito Márcio e do vice Jesse, porque eles colocaram no plano de governo entregue à comunidade”, recorda Haracelli.

A unidade terá viatura e equipe para atender a comunidade. A central segue pela regulação do Estado. O Samu realiza em média mais de 150 atendimentos no município.
Últimas notícias Ver todas notícias

Vídeos
#VacinaAlegrete - Covid19
Vídeo Institucional Alegrete