X
Menu principal
Início
Alegrete
Prefeitura
Órgãos
Serviços
Notícias
Galerias
X
Menu de acessibilidade
Ir para conteúdo [1] Ir para menu [2] Ir para busca [3] A- [4] A+ [5] Alternar contraste [6] Mapa do site [7]
Menu de acessibilidade Ir para conteúdo [1] · Ir para menu [2] · Ir para busca [3] A- [4] · A+ [5] · Alternar contraste [6] · Mapa do site [7]
NOTÍCIAS
10/01/2022
Secretaria de Meio Ambiente recolhe 46 toneladas de eletrônicos e cerca 8 mil pneus em 2021
Para poder dar o descarte correto de resíduos, a Prefeitura de Alegrete, por meio da Secretaria de Meio Ambiente (Semmam), realiza projetos e ações que ofereçam medidas adequadas para diversos tipos de materiais. Um deles o Programa de Coleta e Destinação de Pneus Inservíveis recolheu, em 2021, aproximadamente 8.000 unidades de pneus, entre eles de caminhões, carros, motos e bicicletas, e destinou 11 coletas para a reciclagem. Para o gerenciamento destes resíduos, a Semmam firmou convênio de cooperação mútua com a Associação Reciclanip, sem custos para o município, e que faz o transporte dos pneus, dando-lhes destinação para outras empresas de reciclagem de forma sustentável. Os pneus, por exemplo, são reutilizados ou transformados, em maior parte, como material constituinte de pavimentação para asfaltamento em algumas rodovias do País.

A secretária de Meio Ambiente, Gabriella Segabinazi, explica que o correto gerenciamento do resíduo reduz a quantidade de pneus indevidamente descartados ao ar livre, colaborando para a diminuição de focos de proliferação do mosquito da dengue e para a despoluição ambiental, já que o tempo de degradação natural dos pneus é indeterminado.

GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS ELETRÔNICOS
Por meio do Programa de Coleta e Destinação de resíduos eletrônicos, a Prefeitura de Alegrete, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, encaminhou aproximadamente mais de 46 mil kg de materiais eletrônicos, ou seja, 46 toneladas (principalmente computadores, televisores, telefones e impressoras), que vieram dos cidadãos alegretenses. Foram realizadas sete coletas de eletrônicos, em parceria com a empresa Natussomos e 12 coletas descentralizadas em diversos bairros do município.

De acordo com a secretária, quanto mais os cidadãos evitarem o descarte indevido dos rejeitos eletrônicos, mais contribuirão para a preservação da natureza e da saúde da população em geral, pois estes materiais possuem inúmeras substâncias tóxicas e metais pesados que podem ser carregados pela água e provocar doenças. "Nosso trabalho vai continuar mais firme e mais forte em 2022", finaliza Gabriella.
Galeria
Últimas notícias Ver todas notícias

Vídeos
Vídeo Institucional Alegrete 2021
#VacinaAlegrete - Covid19