X
Menu principal
Início
Alegrete
Prefeitura
Órgãos
Serviços
Notícias
Galerias
X
Menu de acessibilidade
Ir para conteúdo [1] Ir para menu [2] Ir para busca [3] A- [4] A+ [5] Alternar contraste [6] Mapa do site [7]
Menu de acessibilidade Ir para conteúdo [1] · Ir para menu [2] · Ir para busca [3] A- [4] · A+ [5] · Alternar contraste [6] · Mapa do site [7]
NOTÍCIAS
08/07/2021
Alegrete é a cidade de médio porte que mais vacina no Rio Grande do Sul
Entre as cidades gaúchas com até 100 mil habitantes, Alegrete é a que mais vacinou contra o coronavírus no Rio Grande do Sul com 51,7%, calculados a partir do número total de doses aplicadas e registradas no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI) dividido pelo número de doses distribuídas registradas no Sistema de Insumos Estratégicos em Saúde (Sies),segundo dados da Secretaria Estadual da Saúde (SES) disponibilizados em novo painel com estatísticas vacinais. A seguir, estão São Borja (51,6%) , Ijuí (51,5%), Livramento (51,2%) e Santo Ângelo (51,1%)

No ritmo atual, Alegrete deve vacinar toda sua população adulta com a primeira dose antes do prazo estipulado pelo Estado, em 20 de setembro.

O prefeito Márcio Amaral comemora o resultado. “Estar em primeiro lugar como o município de médio porte que mais vacinou é motivo de muita comemoração, porque significa que é uma vitória do coletivo. É uma vitória desde a equipe que vai ao aeroporto buscar as vacinas até aquela pessoa que aplica ou registra a aplicação da dose no sistema. Mas é, acima de tudo, uma vitória da população, porque estar imunizado é, sem dúvida nenhuma, uma oportunidade de proteção da vida”, destacou o prefeito.

De acordo com o vice-prefeito Jesse Trindade, a Secretaria da Saúde não retém ou estoca vacinas e segue à risca as orientações do Plano Nacional de Imunizações quanto à destinação de cada remessa. “Conclamamos a todos que continuem procurando as suas unidades de referência para receber a primeira e a segunda doses, seguindo as orientações repassadas pelos profissionais da nossa cidade. Nós, gestores municipais, estamos mobilizados para que continuemos fazendo a vacinação no mesmo ritmo. É como eu sempre digo, vacina boa é vacina no braço”, reitera o vice.

A secretaria de Saúde Haracelli Fontoura explica que a SMS busca a imunização coletiva da população alegretense. Perseguimos o 100% da população vacinável e vamos chegar nesta meta. Já estamos com cerca de 70% da população adulta vacinada. Com as informações que temos hoje, tanto da capacidade das vacinas como da característica da doença, vemos que este número não é mágico. Mas se este número de pessoas tomar as duas doses, podemos falar com proteção coletiva de maior segurança”, acredita a secretária.


"PRÊMIO TE VACINA RS"
O governo do Rio Grande do Sul publicou, na quarta-feira (7), o decreto que detalha as regras do "Prêmio Te Vacina RS", de R$ 1,25 milhão distribuído entre os municípios que mais vacinarem contra a Covid-19. Alegrete concorre à premiação, que será dividida entre os dois primeiros lugares na porcentagem de vacinas aplicadas em relação às doses distribuídas em quatro categorias. Veja abaixo.

Municípios acima de 100 mil habitantes (19 concorrentes):
1º lugar: R$ 150 mil
2º lugar: R$ 100 mil

Municípios entre 50 mil e 99.999 habitantes (26 concorrentes):
1º lugar: R$ 100 mil
2º lugar: R$ 75 mil

Municípios entre 10 mil e 49.999 habitantes (123 concorrentes):
1º lugar: R$ 75 mil
2º lugar: R$ 50 mil

Municípios abaixo de 10 mil habitantes (329 concorrentes):
1º lugar: R$ 50 mil
2º lugar: R$ 25 mil

O decreto define que a aplicação dos recursos deverá ser em ações na Atenção Primária à Saúde e os municípios contemplados serão obrigados a prestar contas em Relatório de Gestão. O pagamento será realizado por meio do Fundo Estadual de Saúde aos Fundos Municipais de Saúde.

Segundo o governo, os resultados serão calculados a partir do número total de doses aplicadas e registradas no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI) dividido pelo número de doses distribuídas registradas no Sistema de Insumos Estratégicos em Saúde (Sies), sendo excluídas quaisquer quantidades de doses que não estejam disponíveis para aplicação. Por exemplo, se um município recebeu 100 doses e aplicou 80, a cobertura vacinal ficará em 80%.

Para a primeira etapa da premiação, serão consideradas as doses registradas até a meia-noite do dia 17 de julho, e para a segunda etapa, as registradas até a meia noite de 17 de agosto.

Em caso de empate, o critério de desempate serão os índices de segundas doses registradas, e permanecendo o empate, será considerado vencedor o município com menor cobertura em Atenção Primária.
Últimas notícias Ver todas notícias

Vídeos
#VacinaAlegrete - Covid19
Vídeo Institucional Alegrete