X
Menu principal
Início
Alegrete
Prefeitura
Órgãos
Serviços
Notícias
Galerias
X
Menu de acessibilidade
Ir para conteúdo [1] Ir para menu [2] Ir para busca [3] A- [4] A+ [5] Alternar contraste [6] Mapa do site [7]
Menu de acessibilidade Ir para conteúdo [1] · Ir para menu [2] · Ir para busca [3] A- [4] · A+ [5] · Alternar contraste [6] · Mapa do site [7]
NOTÍCIAS
18/05/2021
18 de maio: Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes
Nesta terça-feira, 18, é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A Prefeitura de Alegrete, através do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS) da Secretaria de Promoção e Desenvolvimento Social, destaca que a data precisa ser lembrada no enfrentamento ao referido fenômeno, pois os casos de violência continuam ocorrendo.
Segundo dados atuais do CREAS Alegrete, de janeiro à abril de 2021, apontam que meninas são as vítimas em 100% dos casos atendidos no serviço, no período citado. São vítimas meninas em 46% das denúncias recebidas, ao longo de 2019, segundo dados levantados pelo Disque Direitos Humanos (Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos).

A violência sexual, seja abuso sexual ou exploração sexual, a qual tem como objetivo obter lucro ou gratificação econômica, vem em segundo lugar nos índices coletados no serviço, ficando atrás somente dos índices de violência física ou psicológica, na qual as meninas também são a maioria das citadas nas denúncias recebidas no CREAS no ano de 2021. A família ainda é o espaço, conforme estudos sobre o tema, onde ocorre a maior incidência de violência sexual contra crianças e adolescentes, em 73% dos casos, segundo dados da Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos.

O Centro de Referência Especializado da Assistência Social é um Serviço de Proteção Social Especial de Média Complexidade. Trabalha de acordo com os parâmetros do Sistema Único de Assistência Social – SUAS, que atende pessoas em situações de violação de direitos ou de violências. Entre elas, a vitimização sexual de crianças e adolescentes.

Na realidade local, de acordo com suas especificidades, o abuso sexual contra crianças e adolescentes mobiliza atendimentos nas diferentes áreas das políticas públicas, como serviços de assistência social, como o CRAS, CREAS, Conselho Tutelar e Moradia Transitória e ainda mecanismos da saúde pública, como as ESFs e CAPSI, bem como profissionais que atendem as situações no âmbito privado. “A nossa rede de atendimento atua para dar todo suporte às vítimas de violência. Nossos profissionais são capacitados para oferecer um tratamento e um encaminhamento aos casos de forma rápida, profissional e cuidadosa durante todo o processo. É muito importante que as pessoas denunciem casos de abuso e exploração sexual”, declarou a secretária de Promoção e Desenvolvimento Social Iara Caferati.

As denúncias de abuso ou exploração sexual podem ser feitas através do Disque 100, Ligue 180, Delegacias de Polícia ou Conselho Tutelar.
Últimas notícias Ver todas notícias

Vídeos
#VacinaAlegrete - Covid19
Vídeo Institucional Alegrete